Temblante para blog







Pesquisar este blog:

IPRIMIR

Print Friendly and PDF

sexta-feira, 19 de julho de 2013

CANÇÃO "EDUARDO E MÔNICA", DO GRUPO LEGIÃO URBANA

Eduardo e Mônica

Quem um dia irá dizer
Que existe razão
Nas coisas feitas pelo coração?
E quem irá dizer
Que não existe razão?
Eduardo abriu os olhos, mas não quis se levantar
Ficou deitado e viu que horas eram
Enquanto Mônica tomava um conhaque
No outro canto da cidade, como eles disseram
Eduardo e Mônica um dia se encontraram sem querer
E conversaram muito mesmo pra tentar se conhecer
Um carinha do cursinho do Eduardo que disse
"Tem uma festa legal, e a gente quer se divertir"
Festa estranha, com gente esquisita
"Eu não tô legal", não aguento mais birita"
E a Mônica riu, e quis saber um pouco mais
Sobre o boyzinho que tentava impressionar
E o Eduardo, meio tonto, só pensava em ir pra casa
"É quase duas, eu vou me ferrar"
Eduardo e Mônica trocaram telefone
Depois telefonaram e decidiram se encontrar
O Eduardo sugeriu uma lanchonete
Mas a Mônica queria ver o filme do Godard
Se encontraram então no parque da cidade
A Mônica de moto e o Eduardo de "camelo"
O Eduardo achou estranho, e melhor não comentar
Mas a menina tinha tinta no cabelo
Eduardo e Mônica eram nada parecidos
Ela era de Leão e ele tinha dezesseis
Ela fazia Medicina e falava alemão
E ele ainda nas aulinhas de inglês
Ela gostava do Bandeira e do Bauhaus
Van Gogh e dos Mutantes, de Caetano e de Rimbaud
E o Eduardo gostava de novela
E jogava futebol de botão com seu avô
Ela falava coisas sobre o Planalto Central
Também magia e meditação
E o Eduardo ainda tava no esquema
Escola, cinema, clube, televisão
E mesmo com tudo diferente, veio mesmo, de repente
Uma vontade de se ver
E os dois se encontravam todo dia
E a vontade crescia, como tinha de ser
Eduardo e Mônica fizeram natação, fotografia
Teatro, artesanato, e foram viajar
A Mônica explicava pro Eduardo
Coisas sobre o céu, a terra, a água e o ar
Ele aprendeu a beber, deixou o cabelo crescer
E decidiu trabalhar (não!)
E ela se formou no mesmo mês
Que ele passou no vestibular
E os dois comemoraram juntos
E também brigaram juntos, muitas vezes depois
E todo mundo diz que ele completa ela
E vice-versa, que nem feijão com arroz
Construíram uma casa há uns dois anos atrás
Mais ou menos quando os gêmeos vieram
Batalharam grana, seguraram legal
A barra mais pesada que tiveram
Eduardo e Mônica voltaram pra Brasília
E a nossa amizade dá saudade no verão
Só que nessas férias, não vão viajar
Porque o filhinho do Eduardo tá de recuperação
E quem um dia irá dizer
Que existe razão
Nas coisas feitas pelo coração?
E quem irá dizer
Que não existe razão?




PRODUÇÃO TEXTUAL


Agora é a sua vez de produzir uma crônica. Você devera se inspirar nessa canção “Eduardo e Mônica”, do grupo Legião Urbana. Use uma linguagem leve, mas de acordo com a norma – padrão.
Definidos os objetivos, escreva sua crônica, revise-a e entregue a sua professora para que, se necessário, sejam feitos os últimos ajustes. Observe os seguintes descritores na hora de escrever sua crônica: 

O texto se reporta de forma significativa e pertinente a algum aspecto do cotidiano local?
Os marcadores de tempo e espaço contribuem para caracterizar a situação tratada?
O título instiga o leitor?
Há um modo peculiar de perceber e apresentar a situação tratada?

Boa sorte!

recadosparablogseorkut.com

ATIVIDADE DE ANÁLISE DO FILME "ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS"

1. FICHA TÉCNICA

a. Título do filme: ____________________________________________
b. Data da realização: _________________________________________
c. Nome do realizador: ________________________________________
d. Nome dos principais atores: __________________________________














2. Descreva as características físicas das seguintes personagens. A primeira informação já esta descrita.

Personagem Principal
Personagem Secundária
Personagem Antagonista
Personagem Secundária
Alice
Chapeleiro Maluco
Rainha Vermelha
Rainha Branca
Cabelo louro
Cabelo ruivo-vermelho
Cabelo vermelho
Cabelo branco


3. O filme apresenta dois ambientes (lugar), logo no início o mundo real onde está acontecendo a festa e o país das maravilhas para onde Alice vai. Preencha o quadro abaixo com as características dos dois:

Mundo real (Início do filme e final)
Mundo Imaginário (País das maravilhas)


4. O tempo no País das Maravilhas volta a funcionar quando Alice retorna a ele. Isso fica claro quando ela chega à mesa de chá, onde se encontra o Chapeleiro Maluco, o Coelho e a Ratinha.

O tempo no filme pode ser definido como: cronológico ou psicológico? Justifique sua resposta.


5. Assinale a alternativa que contém o enredo (resumo) CORRETO do filme.

(A) Alice viaja para o “País das Maravilhas”, atraída por um coelho, para libertar esse lugar da Rainha Vermelha.
(B) Alice viaja para o “País das Maravilhas”, atraída por um coelho, para libertar esse lugar da Rainha Branca.
(C) Alice não viaja para o “País das Maravilhas”, atraída por um coelho, para libertar esse lugar da Rainha Vermelha.
(D) (A) Alice viaja para o “País das Maravilhas”, atraída por um coelho, para libertar esse lugar do Chapeleiro Maluco.


6. A situação inicial do filme mostra como a Alice vai para o País das Maravilhas. Escreva como acontece este momento.


7. A Rainha Vermelha repete a todo o tempo a expressão “...corte a cabeça dela ou dele”. A partir da análise da personagem como se pode justificar essa atitude dela.


8. Os animais se comunicam com os seres humanos de forma natural, possuem sentimentos característicos aos dos seres humanos. Diante disso, como podemos classificar esse tipo de literatura? Explique.


9. Escreva em rápidas palavras o desfecho do filme.


10. Explique a diferença entre os dois mundos (real e imaginário) que a personagem passeia durante o filme, apontando o que cada uma representa.


11. Dê sua opinião sobre o filme.



recadosparablogseorkut.com



PORQUE, PORQUÊ, POR QUE, POR QUÊ

                                       CONCEITUANDO

























































                                        ATIVIDADES



1.  Assinale com X o que devemos usar para substituir as  ★ e completar as frases.



Por que
por quê
porque
porquê
a)      Você não usou a bermuda nova, ?




b)      o mar é salgado?




c)      Eu sei muito bem o dessa alegria.




d)      Preciso descobrir o desse cheiro.




e)      estão preocupados com a água?




f)       Papai não chegou do trabalho, ?




g)      Não fui à escola estava doente.






2.  Leia o bilhete e complete-o com por que, porque, por quê e porquê.


Flávia,

Eu estou muito triste ______________há dias noto que você está me evitando. ____________ não está falando comigo? Já liguei para sua casa e você não quis atender. ______________?
A Cíntia disse que eu sabia o ____________ dessa sua atitude, mas, por mais que eu pense, não consigo imaginar o que foi que eu fiz para você ficar de mal comigo.
Por favor, ligue para mim! Vamos conversar.

Fernanda


3. Faça as atividades abaixo:











































4. Exercícios de revisão:
























recadosparablogseorkut.com


Indique este blog a um amigo.