Temblante para blog







Pesquisar este blog:

IPRIMIR

Print Friendly and PDF

quinta-feira, 28 de julho de 2011

"CARINHOSO", DE PIXINGUINHA

CORAÇÕES APAIXONADOS!

O amor é “Um não sei quê, que nasce não sei onde, Vem não sei como, e dói não sei por quê".

Camões

1.    Oralmente, respondam às seguintes questões:
O que é a felicidade?
O que é o amor?

Carinho foi uma das composições musicais que marcou o século XX. Em 1917, aos 19 anos, Pixinguinha compôs a música. Somente em 1936, João de Barro, o Braguinha, assumiu a parceria, escrevendo a letra.


CARINHOSO


Composição: Pixinguinha/ Joao de Barro

Meu coração, não sei por quê
Bate feliz quando te vê
E os meus olhos ficam sorrindo
E pelas ruas vão te seguindo,
Mas mesmo assim foges de mim.
Ah se tu soubesses
Como sou tão carinhoso
E o muito, muito que te quero.
E como é sincero o meu amor,
Eu sei que tu não fugirias mais de mim.
Vem, vem, vem, vem,
Vem sentir o calor dos lábios meus
À procura dos teus.
Vem matar essa paixão
Que me devora o coração
E só assim então serei feliz,
Bem feliz.
Ah se tu soubesses como sou tão carinhoso
E o muito, muito que te quero
E como é sincero o meu amor
Eu sei que tu não fugirias mais de mim
Vem, vem, vem, vem
Vem sentir o calor dos lábios meus a procura dos teus
Vem matar essa paixão que me devora o coração
E só assim então serei feliz
Bem feliz.

Pinxinguinha e João de Barro.


COMPREENSÃO DO TEXTO

1. Há alguma indicação no poema que revele o “eu lírico” como sendo do sexo feminino ou masculino? Qual?

2. De acordo com o poema, o amor pode ser explicado racionalmente? Comprove com informações do texto.

3. Que valores esse apaixonado atribui a si mesmo na tentativa de convencer o ser amado do seu amor?


Recados








































Nenhum comentário:

Indique este blog a um amigo.